quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Racismo - Dá pra acreditar que isso ainda acontece no Brasil?

Jogador de vôlei afirma ter sofrido racismo em jogo da Superliga

Em um jogo da rodada da Superliga Masculina de Vôlei, no final de semana, um atleta revelou ter sofrido uma ofensa racial da torcida local. Na partida entre Londrina e São Bernardo, o jovem Deivid, jogador do time paulista, foi chamado de "macaco" pelos fãs da equipe da casa, no ginásio Moringão.

Um pequeno grupo de torcedores do Londrina começaram a xingar o atleta de 22 anos a partir do terceiro set, enquanto ele estava na área de aquecimento dos jogadores. Tanto o próprio Deivid como seus companheiros de equipe afirmaram que as ofensas eram direcionadas a ele.

Depois dos xingamentos, os atletas do São Bernardo começaram a discutir com os torcedores, e o jogo foi paralisado até que o grupo fosse retirado do ginásio. Em seguida, eles puderam voltar à quadra amparados por um advogado. O time do ABC paulista registrou um boletim de ocorrência, e o delegado do jogo relatou o caso à CBV - ainda que não tenha ouvido a agressão.

"Nos dois primeiros sets o pessoal nos xingava, e nós até damos risada. Com isso a gente está acostumado, mas quando me chamaram de macaco no terceiro set, passaram do limite", afirmou Deivid, ao jornal Folha de S.Paulo.

ISSO É UMA VERGONHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário